Não, ainda que várias sejam as vias do título, o número do protocolo será único.

Legislação Correlata

CNCGJ/2013, art. 639