Constitui ofensa à moralidade administrativa a designação de parente de titular, interino ou interventor para exercer a interinidade em serventia da mesma comarca.

Legislação Correlata

CNCGJ/2013, art. 107, § 4º