A pessoa poderá apresentar reclamação em qualquer secretaria do foro, ainda que os fatos digam respeito a oficial de registro ou notário de outra comarca, ou encaminhar via Central de Atendimento Eletrônico (S@E - sistema de atendimento do extrajudicial).

Legislação Correlata

CNCGJ, art. 71