O órgão correcional, cautelarmente, poderá, entre outras providências:

  • requisitar esclarecimentos ao notário ou oficial de registro;
  • realizar a oitiva de testemunhas;
  • solicitar documentos; e
  • determinar a realização de correição extraordinária.


Legislação Correlata

CNCGJ/2013, art. 79